Vídeo

Espanhóis cercam Congresso e enfrentam a polícia

27 set

Milhares de manifestantes enfrentaram a tropa de choque da polícia fascista espanhola na última terça-feira, 25 de setembro, durante os protestos contra a crise econômica e as novas medidas de austeridade do gerenciamento Mariano Rajoy.

Pelo menos 35 pessoas foram detidas e 64 feridas, entre elas 27 policiais. Durante todo o dia, a juventude e os trabalhadores espanhóis se concentraram próximos às barreiras de segurança em vários pontos de acesso ao Congresso dos Deputados, no centro de Madri. A manifestação fez parte de uma iniciativa batizada de “Cerque o Congresso”, que reuniu diversas categorias que realizavam marchas nas ruas na cidade.

O primeiro conflito com a tropa da polícia ocorreu durante a tarde, na Plaza de Neptuno, onde a multidão tentou furar uma barreira e se dirigir ao Congresso. Em seguida, os protestos se estenderam por diversos pontos do centro a cidade.

O ministro do Interior, Jorge Fernández Díaz, deu sua declaração fascista à imprensa: “Quero felicitar a polícia, que cumpriu o seu dever e agiu extraordinariamente bem, magnificamente, e impediu que fosse levada a cabo aquela intenção, claramente inconstitucional, de ocuparem o Congresso e coagir os deputados quando estes estavam reunidos em sessão”.  Essas são as “autoridades” que gerenciam o Estado espanhol a mando do capital. Outros “renomados” políticos também declararam ‘tolerância zero’ contra os trabalhadores.

Fonte: Jornal A Nova Democracia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: