Notícias da Guerra Popular (Índia): EGPL sofre recuos e realiza ofensivas

19 abr
maoistas indianos

Foto mostra cadáveres dos maoístas assassinados

No último dia 16 de abril, nove guerrilheiros maoístas do Exército Guerrilheiro Popular de Libertação foram assassinados pelas Forças de Segurança da Índia na aldeia Puarti, distrito de Sukma. Apesar de a imprensa do Estado indiano haver divulgado que os guerrilheiros tenham sido “mortos em combate”, não raro a mesma se utiliza de falsas informações para encobrir assassinatos a sangue frio por parte do braço armado do Estado reacionário indiano, muitas vezes, também, através de bárbaras torturas.

Em resposta ao assassinato dos combatentes maoístas, o EGPL realizou, em 17 de abril, a ousada ação de atacar um helicóptero Mi-17 das Forças de Segurança da Índia. O helicóptero, que evacuava militares das zonas de conflito com os maoístas, sofreu disparos na região da cabine, e foi obrigado a realizar uma aterrisagem de emergência no distrito de Khammam, em Andhra Pradesh.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: