Notícias da Guerra Popular (Filipinas): NEP realiza novos assaltos e emboscadas

23 maio
Confiscated_by_the_NPA

Fuzis confiscados pelos combatentes do Novo Exército do Povo durante o assalto

Disfarçados como policiais da Agência Filipina de Combate às Drogas, revolucionários do Novo Exército do Povo assaltaram o quartel da Agência de Segurança Dasia, localizada a menos de um quilômetro da Estação Nacional de Polícia das Filipinas. Sem dispararem um único tiro, os combatentes vermelhos tomaram o controle do quartel imediatamente e consfiscaram um rifle automático M4 5.56, cinco rifles M16, duas escopetas calibre 12, munições, cartuchos, roupas e coletes à prova de balas.

O ousado assalto foi feito contra militares de alta patentes da região, e durou somente 15 minutos. Pegos de surpresa, os agentes da reação só puderam chamar tropas para o reforço 10 horas após o assalto. A exitosa ofensiva atraiu as tropas para locais vulneráveis às emboscadas do Novo Exército do Povo. Com as tropas devidamente atraídas para os locais vulneráveis, o NEP conduziu duas ousadas emboscadas que causaram duras baixas contra o exército reacionário.

No dia 21 de Maio, às 6h45 da manhã, o NEP explodiu uma bomba contra um veículo do exército filipino que passava pela estrada de Barangay Pandapan, na cidade Tangum. Vários soldados do exército reacionário foram feridos. No mesmo dia, às 8 da manhã, o NEP explodiu outra bomba, causando danos contra um veículo blindado do exército filipino. A explosão também deixou vários soldados da reação feridos.

O assalto à Agência de Segurança Dasia foi uma ação punitiva contra os donos da agência, a família Escandor, que foi responsável por inúmeros atos de grilagem de terras pertencentes às minorias indígenas da região.

As emboscadas contra as tropas reacionárias e o assalto à Agência de Segurança foram ações coerentes com o chamado do Comitê Central do Partido Comunista das Filipinas de se intensificar as ofensivas táticas com o fim de se expropriar mais armas e criar mais unidades do Exército Popular. A intensificação de operações de assaltos e emboscadas contra as tropas inimigas aumentam a moral e a força política dos combatentes vermelhos do Novo Exército do Povo, com o fim de se atingir a etapa do Equilíbrio Estratégico da Guerra Popular nos próximos anos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: