Filipinas: Emboscada do Novo Exército Popular deixa oito mortos

8 jul

Formation

Oito agentes do XXXI Batalhão de Infantaria do exército reacionário filipino foram executados por combatentes vermelhos do Novo Exército Popular na manhã do último dia 6 de julho de 2013.

Os combatentes vermelhos do NEP rechaçaram com sucesso a tentativa das tropas fascistas de levar a cabo sua campanha de “cerco e aniquilamento” e causaram golpes pesados contra as mesmas. Um sargento foi executado na ação e sete outros soldados foram mortos quando o NEP detonou explosivos e atirou contra eles. O porta-voz da Brigada de Infantaria do exército reacionário filipino, coronel Joselito Caquilala, confirmou o número de soldados executados.

Durante a tarde do mesmo dia, combatentes vermelhos do NEP detonaram bombas contra um veículo da “Polícia Nacional” filipina. Durante a explosão, vários policiais ficaram feridos.

No decorrer das ações, o combatente vermelho Ka Gerald foi martirizado pelas balas do exército reacionário. O comando do Novo Exército Popular prestou seus maiores tributos ao guerrilheiro que tombou na luta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: